Programa de Apoio a Showcases Internacionais 2021 com candidaturas abertas a partir de hoje

Este programa visa apoiar a apresentação dos artistas portugueses no circuito de Festivais de Showcase Internacionais, através da concessão de apoios que visam comparticipar nas despesas com essas apresentações, através do suporte a custos relacionados com deslocações, estadias, alimentação, ou pela apresentação por via digital dos Artistas/Músicos convidados para esses eventos internacionais.

Os músicos que pretendam concorrer a este apoio podem fazê-lo a partir de hoje, 11 de janeiro, submetendo a sua candidatura através do formulário disponível no Portal do Artista. O programa encerrará assim que o respetivo orçamento se encontre totalmente realizado.

A Fundação GDA orçamentou para o ano de 2021 um montante de € 60.000. Em apresentações de natureza presencial, o montante máximo a atribuir por projeto é de € 4.000 e o mínimo de € 750. No caso de apresentações por via digital, o montante a atribuir por cada projeto, varia entre os € 750 e os € 2.500.

Para mais informações, consultar o Aviso de Abertura, o Regulamento da Edição do Programa de Apoio a Showcases Internacionais e a lista de referência de festivais para este apoio.

Circulação de Espetáculos 2020: Fundação GDA apoia 36 projetos

Os resultados do Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos 2020 estão apurados. Este programa promovido pela Fundação GDA tem como objetivo comparticipar os custos diretamente relacionados com o trabalho dos artistas intérpretes e executantes, tais como cachets, deslocações, estadias, entre outros.

Das 99 candidaturas admitidas a concurso, o júri externo constituído por António Câmara Manuel, Duarte Pinto Coelho, Luís Madureira, Mónica Guerreiro e Pedro Moreira decidiu apoiar um total de 36 projetos – 6 na área da Dança, 13 na área do teatro e 17 na Música. O montante dos apoios concedidos no concurso ascende aos € 120.000.

Deste concurso resulta o apoio a 9 projetos de circulação internacional e 27 de circulação nacional, que no seu conjunto envolvem 160 artistas intérpretes. A análise por origem geográfica dos projetos selecionados pelo júri revela que 17 são oriundos da Região de Lisboa, 15 do Norte, 3 do Centro e um do Alentejo.

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#4a4949″ expand_text=”Projetos apoiados – Área da Dança” collapse_text=”Fechar” ]

Projetos apoiados – Área da Dança

4946 – PURGAc – Associação Cultural – LONGUE MARCHE

5040 – Eva Leitão Azevedo – Dimensão – Affôtè

5121 – COTÃO – Associação Cultural – Circulação da obra coreográfica de Carlos Manuel Oliveira

5134 – AMARELOCÁLIDO – ASSOCIAÇÃO – AD LUCEM

5157 – Mariana Bessa Alves Tengner Barros – Peça do Coração: EXCALIBUR

5190 – José Miguel da Costa Martins Pereira – Miguel Pereira – circulação 2021

[/bg_collapse]

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#4a4949″ expand_text=”Projetos apoiados – Área da Música” collapse_text=”Fechar” ]

Projetos apoiados – Área da Música

4945 – Fernando Ricardo Vieira Gordo – Ricardo Gordo

4964 – José de Eça Ferrao Oliveira Lopes – Tour apresentação CD – José de Eça e Luís Costa

4966 – Orquestra da Costa Atlântica – A História do Soldado

5113 – Rui Pedro Palma Baeta – Um recital para Columbano

5135 – Associação Musical Sinfonieta de Braga – Falando de Música – IV Edição

5146 – Joana Sequeira Duarte – Captured Fantasy, Dela Marmy

5154 – Marta Santos Silva Hugon – Marta Hugon

5163 – Odete Carvalho Ferreira  MTF Priestesses Cutting The Bone to Reveal It’s Lie

5164 – Mercearia das Artes – Aníbal Zola | Tour “amortempo”

5168 – Afonso Carlos Chagas Pais de Sousa – SoFa

5176 – Maria Teresa Sobral Pereira – PATIFES

5177 – David Manuel Ferreira dos Santos Ribeiro da Costa – Oboé e Piano em Português

5183 – Vítor Nuno Lemos Álvares dos Santos – Evols

5185 – Charneca Bubble Productions – Tour de apresentação do documentário Silêncio- Vozes de Lisboa

5196 – Luís Filipe Silva Vicente – Luís Vicente 4tet

5203 – Manuel Paulo Manso Felgueiras e Sousa – Gato Pintor

5219 – Pedro Maria da Silva Couceiro Feio – FUGLY

[/bg_collapse]

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#4a4949″ expand_text=”Projetos apoiados – Área do Teatro” collapse_text=”Fechar” ]

Projetos apoiados – Área do Teatro

4840 – AQUILO TEATRO CRL – Amadis no Paraíso

4870 – Panorama Periférico – Associação Cultural – Augusto, uma Ode às Mulheres – Cidade

4898 – Marulhada, Associação Cultural   – O Som do Algodão

4918 – Mónica Sofia Raposo Gomes – O Evangelho de Van Gogh

4976 – Sara de Castro Sousa – MADALENA – Circulação

5111 – Vânia Amorim Ribeiro – País das canções de embalar

5115 – ARDEMENTE ASSOCIAÇÃO ARTÍSTICA – SEM MORDAÇA

5130 – LIMITE ZERO ASSOCIAÇÃO CULTURAL – Em Busca do Planalto Perdido

5160 – Monstro Colectivo – Avós – Histórias Germinadas no Quintal

5186 – Varazim Teatro G.A. Associação Cultural e Juvenil – Circulação Alentejo DoNoDoNaDa

5201 – Mafalda Silva Gomes Canhola – A História de Amor do Malhado e Dona Sinhá

5208 – Associação Cultural Tenda de Saias – Álbuns da Terra

5209 – Largo Residências – Outras Ilhas

[/bg_collapse]

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#4a4949″ expand_text=”Suplentes” collapse_text=”Fechar” ]

Suplentes

4890 – Marionet – O Design Inteligente da Jenny Chow

5143 – ASSOCIAÇÃO CULTURAL DANCENEMA – Digressão “Sem Retorno”

5170 – Sara Anjo Freitas – Ilhas – uma constelação

5182 – Ricardo Gandra – :PAPERCUTZ – King Ruiner Ao Vivo (Com Convidados)

5189 – Associação Lisboa Incomum – Made In Trio – Digressão em Portugal

[/bg_collapse]

26 projetos apoiados na 2.ª fase do Apoio à Edição Fonográfica de Intérprete 2020

Entre as 313 candidaturas admitidas a concurso na segunda fase do Apoio à Edição Fonográfica de Intérprete, o júri independente constituído por Luís Tinoco, Mário Lopes e Rui Miguel Abreu, deliberou conceder apoio a 26 projetos.

Este concurso, que se realiza em duas fases, visa apoiar projetos de edição fonográfica de intérprete. Os apoios são destinados a suportar os custos relacionados com a gravação e produção de novas obras fonográficas.

Através do Concurso de Apoio à Edição Fonográfica de Intérprete, a Fundação GDA pretende dinamizar o mercado editorial da música portuguesa, a diversidade das expressões musicais e o acesso e usufruto dos cidadãos à criatividade musical.

Este segunda fase do apoio acorreu entre 7 e 25 de setembro, tendo sido atribuídos apoios num valor total de € 125.128,76. A primeira fase decorreu em março tendo sido distribuídos apoios num montante de € 147.243, por 30 projetos selecionados. A edição de 2020 apoiou nas suas duas fases um total de 56 projetos, envolvendo 332 músicos.

Uma análise dos dados permite-nos constatar que os 26 projetos apoiados se distribuem pelos seguintes géneros musicais: Clássica – 6; Eletrónica – 2; Hip-Hop – 4; Jazz – 4; Pop/Rock – 2; Tradicional / Popular – 1; Soul / Funk – 2, sendo os restantes 5 de outros géneros.

No que diz respeito à distribuição dos projetos por localização geográfica, 16 são oriundos da Região de Lisboa e Vale do Tejo, 4 do Norte, 5 do Centro, 1 do Algarve.


[bg_collapse view=”button-orange” color=”#f0ab00″ expand_text=”Consulte a lista de projetos apoiados” collapse_text=”Fechar a lista” ]

4647_FNG_2F_2020        André Filipe Martins de Carvalho

4649_FNG_2F_2020        Nuno Azevedo Ferreira da Rocha

4655_FNG_2F_2020        Roberto David Fernandes Afonso

4660_FNG_2F_2020        Ricardo Nuno Futre Pinheiro

4662_FNG_2F_2020        Vasco Fabiao Mendonca

4671_FNG_2F_2020        Daniel de Deus Lopes de Freitas

4704_FNG_2F_2020        Saulo Ribeiro Giovannini

4707_FNG_2F_2020        André Abel Fonseca Magalhães Ferreira

4726_FNG_2F_2020        Joana Sá

4743_FNG_2F_2020        João Maria Barral Coutinho de Lencastre

4750_FNG_2F_2020        Monika Duarte Streitová

4832_FNG_2F_2020        João Pedro de Matos Mortágua

4843_FNG_2F_2020        David Bruno dos Santos Besteiro

4854_FNG_2F_2020        David Estevas Pessoa

4862_FNG_2F_2020        Joana Luís Nogueira Amorim

4891_FNG_2F_2020        Rafael Luís Cardoso Correia

4955_FNG_2F_2020        Vasco Manuel Paiva de Abreu Trigo de Negreiros

4985_FNG_2F_2020        João Pedro Castelo Baptista Coelho

4991_FNG_2F_2020        João Paulo Figueiredo Daniel

5017_FNG_2F_2020        Manuel Lopes Andrade

5020_FNG_2F_2020        Miguel Sebastião Silva Nicolau

5031_FNG_2F_2020        Ana Maria Semedo Rosario

5044_FNG_2F_2020        maura elisabete magarinhos

5073_FNG_2F_2020        João Henrique Pereira Branco

5081_FNG_2F_2020        André David Moreira de Matos

5088_FNG_2F_2020        Bernardo da Quinta Mizrahi

[/bg_collapse]


[bg_collapse view=”button-orange” color=”#f0ab00″ expand_text=”Suplentes” collapse_text=”Fechar a lista” ]

5009_FNG_2F_2020        Luís Alberto Teixeira Bittencourt

4638_FNG_2F_2020        Maria Inês Marques Guedes Borges Coutinho

5075_FNG_2F_2020        Antonio Rui Gomes de Carvalho

4915_FNG_2F_2020        Paulo Pinto Pereira de Barros

[/bg_collapse]


 

Fundação GDA apoia 29 artistas com Bolsas de Qualificação e Especialização

Das 113 candidaturas admitidas a concurso, o júri independente, composto por Joana Fins Faria, Paulo Filipe Monteiro e Pedro Amaral, deliberou apoiar 29 projetos de formação (24 na área da música, 4 na do teatro e 1 na dança), pelos quais é distribuído um montante global de 150.000 €.

Com este concurso, a Fundação GDA visa estimular a especialização, a formação contínua e a valorização profissional dos atores, bailarinos e músicos. Ao mesmo tempo, pretende fomentar a progressão das suas carreiras profissionais, através do desenvolvimento de projetos de especialização académica, ações de formação em técnicas avançadas dos domínios artísticos envolvidos, ou programas de pesquisa e desenvolvimento teórico que contribuam para o desenvolvimento das artes e da cultura nacionais.

Clique nos links para ficar a conhecer as candidaturas vencedoras:

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#f0ab00″ icon=”eye” expand_text=”Na área da dança” collapse_text=”Fechar” ]

Dança:

Candidatura nº 4321 – Lajja Trivedi

Suplente

Candidatura nº 4347 – Ana Isabel Trincão

[/bg_collapse]


[bg_collapse view=”button-orange” color=”#f0ab00″ icon=”eye” expand_text=”Na área da Música” collapse_text=”Fechar” ]

Música:

Candidatura nº 4327 – Mariana Fernandes

Candidatura nº 4329 – Sara Filipa Silva Moreira 

Candidatura nº 4471 – Teresa Sousa da Costa

Candidatura nº 4359 – Laura Sofia Silva Mendes

Candidatura nº 4475 – Filipe Gonçalo de Abreu

Candidatura nº 4483 – Adriana Marto Gonçalves

Candidatura nº 4413 – Gabriel Maciel Rodrigues

Candidatura nº 4299 – Matilde Santos de Pinho

Candidatura nº 4455 – João Tiago da Cunha

Candidatura nº 4479 – Catarina Alexandra Koppitz

Candidatura nº 4453 – Luis Corral

Candidatura nº 4303 – Natália Salgado Ribeiro

Candidatura nº 4399 – Daniel dos Santos Martins

Candidatura nº 4331 – Maria do Carmo de Azeredo

Candidatura nº 4344 – Francisca Caldas de Brito

Candidatura nº 4302 – Luísa Viana Martins

Candidatura nº 4490 – João Pedro Sampaio Martins

Candidatura nº 4323 – Carlota Margarida Ramos

Candidatura nº 4446 – Tiago Filipe Batista

Candidatura nº 4406 – Joana Oliveira Lima

Candidatura nº 4472 – Beatriz Baptista Miranda

Candidatura nº 4433 – Francisco Miguel dos Reis

Candidatura nº 4493 – Cláudia Vieira Carneiro

Candidatura nº 4473 – Rafaela Beatriz Salgado

 

Suplentes

Candidatura nº 4295 – Maria Helena da Silva

Candidatura nº 4356 – Tiago de Moura da Silva                 

Candidatura nº 4306 – Diogo André Moutinho        

Candidatura nº 4420 – Gil António Monteiro de Brito          

Candidatura nº 4330 – Duarte José Miranda Matos

Candidatura nº 4452 – Marta Daniela Martins                     

[/bg_collapse]


[bg_collapse view=”button-orange” color=”#f0ab00″ icon=”eye” expand_text=”Na área do Teatro” collapse_text=”Fechar” ]

Teatro:

Candidatura nº 4416 – João Carlos Fonseca Rodrigues da Silva

Candidatura nº 4396 – Maria Inês Couceiro Vieira Roque

Candidatura nº 4412 – André Filipe Soares Fonseca

Candidatura nº 4389 – Marina Schneider

 

Suplentes

Candidatura nº 4310 – Hugo Miguel Trindade Ribeiro Inácio

Candidatura nº 4364 – Joana Dessain Féria Theotonio Saraiva

[/bg_collapse]


 

Apoio a Showcases Internacionais com as candidaturas abertas

No âmbito das suas políticas de apoio à Internacionalização da Música Portuguesa, a Fundação concede através do Programa de Apoio a Showcases Internacionais, apoios que visam suportar custos relacionados com as deslocações, estadias e alimentação a Artistas/Músicos convidados para esses eventos internacionais.

Através desta iniciativa, que decorre em duas fases (uma para o primeiro e outra para o segundo semestre), a Fundação GDA pretende contribuir para potenciar a internacionalização dos artistas portugueses de todas as estéticas musicais. Para esse efeito, a Fundação GDA orçamentou, para 2020, um montante de 75.000 €, o que representa um reforço das verbas consignadas na ordem dos 25 por cento.

Este aumento justificou-se pelo sucesso que a música portuguesa tem vindo a alcançar no plano internacional e que gerou um número crescente de convites a bandas e músicos nacionais no sentido de apresentarem as suas criações em festivais de showcases internacionais.

O montante máximo de cada apoio é de 4.000 € e o mínimo de 750 €, tendo em consideração o número de artistas em palco bem como a localização geográfica dos festivais.

Apesar do adiamento e do cancelamento de muitos festivais devido à situação pandémica, a Fundação GDA decidiu não proceder a alterações neste programa de apoio.

Em 2019 a Fundação GDA apoiou, através deste Programa de Apoio, a deslocação de um total de 133 músicos nacionais (35 bandas) a 18 festivais internacionais de showcase, que se realizaram em 12 países.

Para concorrer a estes apoios, atribuídos a título de comparticipação nas despesas relacionadas com os artistas, os interessados devem submeter a sua candidatura no Portal do Artista.

Consulte:

O aviso de abertura.

O Regulamento da Edição de 2020 do Programa de Apoio a Showcases Internacionais e a lista completa de festivais de referência.

Segunda fase do Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos apoia 20 projetos com € 70.569

Está, assim, concluído o processo de avaliação das candidaturas concorrentes à segunda fase do Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos 2019, promovido pela Fundação GDA e que tem como objetivo comparticipar os custos diretamente relacionados com o trabalho dos artistas intérpretes e executantes, tais como cachets, deslocações, estadias, entre outros.

 Das 79 candidaturas admitidas a concurso, o júri externo constituído por António Caldeira Pires, Luís Madureira, Madalena Victorino, Pedro Moreira e Vítor Rua deliberou, por unanimidade, o apoio a um total de 20 projetos – 10 nas áreas de Teatro e Dança e 10 de Música. O montante dos apoios concedidos nesta segunda fase do concurso ascende aos € 70.569.

 Desta fase do concurso resulta o apoio a 11 projetos de circulação internacional e 9 de circulação nacional. A análise por origem geográfica dos projetos selecionados pelo júri revela que 13 são oriundos da região de Lisboa, 5 do Norte e 2 do Centro.

 O valor da dotação orçamental deste concurso de apoio à Circulação de Espetáculos de 2019, composto em duas fases, correspondeu a € 141.218,40.

[expand title=”Projetos apoiados na área da Música” swaptitle=”Fechar a lista”]

Candidatura nº 3501 – Pedro Manuel Rodrigues Lopes

Candidatura nº 3523 – João Manuel Uva Jacinto Oliveira e Sousa

Candidatura nº 3656 – Nuno Gonçalo Prazeres Torres

Candidatura nº 3659 – João Ricardo Ribeiro Pires

Candidatura nº 3678 – Mariana Filipa Esteves Bragada

Candidatura nº 3711 – Luísa Maria Vilar Braamcamp Sobral

Candidatura nº 3714 – Associação Rituais Modernos – Associação Cultural

Candidatura nº 3718 – Porto Post Doc Festival Cinema – Associação Cultural

Candidatura nº 3737 – Conservatório de Música de Ourém e Fátima

Candidatura nº 3750 – João Miguel Firmino Forte Marques [/expand]

[expand title=”Projetos apoiados nas áreas de Teatro e Dança” swaptitle=”Fechar a lista”]

Candidatura nº 3454 – Elmano Sancho Esteves Saraiva

Candidatura nº 3470 – Tânia Miguel de Carvalho Unipessoal, Lda.

Candidatura nº 3685 – Atelier Real

Candidatura nº  3706 – Associação Cultural Sinistra

Candidatura nº 3735 – Jorge Gustavo de Figueiredo Ciríaco

Candidatura nº 3755 – Agência 25

Candidatura nº 3479 – Flávio Helder Rodrigues dos Santos

Candidatura nº 3683 – Teatro Toi Toi Associação Cultural

Candidatura nº 3687 – Camilla Morello

Candidatura nº 3731 – Raúl Manuel Rodrigues Maia [/expand]

[expand title=”Suplentes” swaptitle=”Fechar a lista”]

Candidatura nº 3730 – AREPO | Ópera e Artes Contemporâneas

Candidatura nº 3765 – Luís Alberto Teixeira Bittencourt

Candidatura nº 3483 Formiga Atómica [/expand]

© Imagem: JP Martins
Mafalda Nejmeddine, artista apoiada em 2018.

36 candidatos apoiados pelo Programa de Apoio a Bolsas de Qualificação e Especialização Artística da Fundação GDA

A Fundação GDA apoia este ano a formação de 36 artistas com um montante de 195.000 €, através do seu Programa de Apoio a Bolsas de Qualificação e Especialização Artística da Fundação GDA. A esmagadora maioria vai frequentar ações no estrangeiro.

De um total de 114 candidatos ao concurso de Apoio a Bolsas de Qualificação e Especialização Artística 2019 da Fundação GDA, o júri independente, composto por António Augusto Barros, Maria José Fazenda e Pedro Amaral, selecionou 36, para serem apoiados com um montante total de 195.000€.

Retomando a tendência de anos anteriores, nesta edição vincou-se o caráter deste programa enquanto um dos vetores da política de apoio à internacionalização dos artistas nacionais, que tem vindo a ser delineada pela Fundação GDA desde 2016. É que 35 dos 36 bolseiros receberão a sua formação no estrangeiro.

Olhando os números por área artística constata-se que do total de projetos apoiados, 30 são da área da música, 4 do teatro e 2 da dança, em correspondência com as candidaturas rececionadas de cada uma das áreas em questão.

Numa desagregação dos dados por área geográfica de origem dos artistas apoiados, verificamos que quatro residem no estrangeiro, cinco nas Regiões Autónomas, um no Alentejo, oito na região Norte, dois no Centro e 16 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

As verbas atribuídas a cada artista no âmbito deste programa oscilam entre os 4.450 € e os 6.500 €, destinando-se a apoiar a frequência de cursos de especialização, formação intensiva, formação pontual e específica, e ainda a formação superior e pós-graduada (mestrados e pós-graduações).

Recorde-se que o objetivo deste Programa é estimular a especialização, a formação contínua e a valorização profissional dos atores, bailarinos e músicos, além de fomentar a progressão das respetivas carreiras profissionais, através do desenvolvimento de projetos de especialização académica, ações de formação em técnicas avançadas dos domínios artísticos envolvidos, ou programas de pesquisa e desenvolvimento teórico que contribuam para o desenvolvimento das artes e da cultura nacional.

Para além dos candidatos apoiados, deve ainda referir-se que existem um conjunto de candidatos selecionados na condição de suplentes, de forma a suprir eventuais desistências.

Consulte aqui as listas de artistas apoiados
(clique sobre a entrada respetiva)

[expand title=”Na área da Dança” swaptitle=”Fechar a lista”]

Candidatura nº 3093 – Maria Teresa Fabião da Silva Pinto – 6.000€

Candidatura nº 2977 – Ana Sofia Freitas Abreu – 4.500€[/expand]

[expand title=”Na área da Música” swaptitle=”Fechar a lista”]

Candidatura nº 2846 – Emídio André da Silva Costa – 4.450€

Candidatura nº 2860 – Alexandre Cruz dos Santos – 4.500€

Candidatura nº 3023 – Fernando Nuno dos Santos Loura – 4.500€

Candidatura nº 2871 – Edgar Perestrelo Lima Ferreira – 4.500€

Candidatura nº 2894 – Rúben Lima Isidoro – 5.750€

Candidatura nº 2991 – Ana Margarida Barradas Prazeres – 5.750€

Candidatura nº 3028 – Gabriela Marques Peixoto – 5.750€

Candidatura nº 3036 – Roberto Serra Santos – 5.750€

Candidatura nº 3043 – Sérgio Miguel de Sousa – 4.450€

Candidatura nº 3045 – David Emanuel Lopes e Silva – 5.850€

Candidatura nº 3063 – Sofia Simões Blanch Diniz Moody – 5.750€

Candidatura nº 3086 – Nikita Kuts – 4.750€

Candidatura nº 2885 – Beatriz Saglimbeni Manzanilla – 5.750€

Candidatura nº 2970 – Rui Pedro Cardoso Antunes – 5.500€

Candidatura nº 2978 – Beatriz Amado Acosta – 5.750€

Candidatura nº 2993 – Inês Sofia da Rocha Teixeira – 5.750€

Candidatura nº 3047 – Inês Marques da Costa Sacadura – 5.000€

Candidatura nº 3054 – Sofia Baptista Torgal – 5.250€

Candidatura nº 3055 – Constança Martins de Castro Simas – 5.750€

Candidatura nº 3066 – Filipe Costa Raposo – 5.500€

Candidatura nº 3068 – Beatriz Tavares Ribeiro – 5.000€

Candidatura nº 3072 – Alexandra Isabel de Freitas e Silva – 5.750€

Candidatura nº 3104 – João Filipe Farinha Fernandes – 5.500€

Candidatura nº 2872 – Marisa Beltrão Moreira – 5.750€

Candidatura nº 2874 – Carlos Daniel Henriques Martins Correia – 5.000€

Candidatura nº 2912 – Maria dos Santos Laranjo – 5.750€

Candidatura nº 3050 – Isabel Maria Sá Garcia Araújo – 5.750€

Candidatura nº 3065 – Francisco Cipriano – 5.750€

Candidatura nº 3091 – Bárbara Maria Leitão de Barros – 4.750€

Candidatura nº 3100 – Josefina Rita Ribeiro Alcaide Fernandes – 5.500€[/expand]

[expand title=”Na área do Teatro” swaptitle=”Fechar a lista”]

Candidatura nº 3109 – Diniz Miguel Pereira Sanchez da Silva – 6.500€

Candidatura nº 2870 – Miriam Souza e Freitas – 6.000€

Candidatura nº 2883 – Gustavo Antunes Gonçalves – 6.000€

Candidatura nº 3058 – Vanessa Carina Silva Varela – 5.500€[/expand]

 

 

Primeira fase do Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos apoia 20 projetos com 70 000€

A Fundação GDA vai apoiar 20 projetos de Teatro, Dança e Música, envolvendo 104 artistas através da primeira fase do seu Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos 2019, com um montante global de 70 600€.

Está, assim, concluído o processo de avaliação das candidaturas concorrentes à primeira fase do Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos 2018, promovido pela Fundação GDA e que tem como objetivo comparticipar os custos diretamente relacionados com o trabalho dos artistas intérpretes e executantes, tais como cachets, deslocações, estadias e alimentação, entre outros.

O júri externo constituído por António Caldeira Pires, Luís Madureira, Madalena Victorino, Pedro Moreira e Vítor Rua deliberou, por unanimidade, o apoio a um total de 20 projetos – quatro na área da Dança, 3 de Teatro e 13 de Música que, no seu conjunto, envolvem 104 artistas intérpretes. O montante dos apoios a concedidos nesta primeira fase deste concurso ascende aos 70590,75 €.

Desta fase do concurso resulta o apoio a 15 projetos de circulação internacional e cinco de circulação nacional. A análise por origem geográfica dos projetos selecionados pelo júri, revela que oito são oriundos da região Lisboa e Vale do Tejo, cinco do Norte, quarto do Centro e dois do Algarve, sendo que o promotor de um dos projetos vencedores reside presentemente no estrangeiro.

A segunda fase deste concurso decorrerá entre 23 de setembro a 11 de outubro de 2019.


Clique no respetivo título para consultar a lista de projetos apoiados:

[expand title=”Na área da Música” swaptitle=”Fechar a lista”]

  • Candidatura nº 2805 – Maria João Queiroz Veiga e Mendes
  • Candidatura nº 2842 – Nuno Afonso Ribeiro Saraiva Canejo Leitão
  • Candidatura nº 2867 – André Filipe Martins de Carvalho
  • Candidatura nº 2869 – Hélder João Saldanha Pimenta
  • Candidatura nº 2880 – Ana Rita Moreira Braga da Fonseca Peixoto
  • Candidatura nº 2904 – Associação Orquestra Sem Fronteiras
  • Candidatura nº 2905 – Ocupação – Associação Cultural
  • Candidatura nº 2917 – Victor Adrian Butuc
  • Candidatura nº 2919 – Luís Miguel Oliveira Gomes
  • Candidatura nº 2952 – Beatriz de Noronha e Menezes Dilão
  • Candidatura nº 2956 – Melissa Oliveira de Sousa
  • Candidatura nº 2973 – Pedro Alexandre da Silva Alcaçarenho Luís
  • Candidatura nº 2985 – João Miguel Braga Simões[/expand][expand title=”Na área da Dança” swaptitle=”Fechar a lista”]
  • Candidatura nº 2797 – P.OR.K
  • Candidatura nº 2868 – Maurícia Barreira Neves
  • Candidatura nº 2950 – Daniel Domingos Matos
  • Candidatura nº 2958 – Tales Frey Dias – € 1.800[/expand][expand title=”Na área do Teatro” swaptitle=”Fechar a lista”]
  • Candidatura nº 2832 – Teatro do Interior
  • Candidatura nº 2962 – Companhia da Chanca
  • Candidatura nº 2988 – Tiago José Nascimento Cadete[/expand]

[expand title=”Suplentes” swaptitle=”Fechar a lista”]

Como suplentes foram indicadas as seguintes candidaturas:

  • Candidatura nº 2913 – Helena Isabel Cardoso Sarmento de Almeida
  • Candidatura nº 2924 – Eduardo Manuel Gomes Nogueira Jordão[/expand]

imagem

Abriu o concurso de Apoio à Circulação de Espetáculos da Fundação GDA

Este concurso tem como intuito apoiar a apresentação pública de projetos de música, teatro e dança, em Portugal e no estrangeiro, tendo em vista promover a circulação de espetáculos e artistas, e favorecer a divulgação e desenvolvimento da sua carreira profissional e artística. O programa realiza-se em duas fases, sendo que a primeira decorre entre 1 e 19 de abril.

O montante de apoio no ano 2019, neste concurso, é de €140.000,00, a dividir em partes iguais pelas duas fases do concurso. O montante máximo de apoio a atribuir por candidatura é de €4.000,00 pertencendo à Entidade Beneficiária apontar qual o montante de apoio solicitado, até ao patamar máximo admitido. Com o montante disponível para este programa, será possível apoiar um total de 35 projetos.

Serão consideradas como prioritárias as despesas que apoiem os custos dos artistas interpretes ou executantes relacionadas com cachets, viagens, estadias, alimentação e transporte.

No que se refere aos prazos de execução, as candidaturas apoiadas no campo de ação deste Programa terão como obrigatório a realização do circuito de apresentação dos espetáculos previstos no prazo máximo de 12 meses a contar da data da notificação sobre a atribuição do apoio, ou seja, neste caso entre os dias 19 de junho de 2019 e 19 de junho de 2020.

As candidaturas devem ser submetidas online, através do Portal do Artista. Recomenda-se, ainda, a leitura do Regulamento Geral 2019 e do Regulamento Específico deste concurso, bem como o respetivo Aviso de Abertura.

A segunda fase de candidaturas a este programa de apoio decorrerá entre 23 de setembro e 11 de outubro.

Abriu o concurso de apoio à Edição Fonográfica de Intérprete

O início da primeira fase de candidaturas ao concurso de apoio de projetos de edição fonográfica de intérprete, realiza-se entre 11 e 29 de março. Este programa da Fundação GDA tem como intuito dinamizar o mercado editorial da música portuguesa, a diversidade das expressões musicais e o acesso e usufruto dos cidadãos à criatividade musical.

Em 2019, este programa tem como montante total de apoios a distribuir nas suas duas fases um valor de € 300.000 (trezentos mil euros), com patamares financeiros de apoio para as candidaturas vencedoras de € 3.500 para projetos que envolvam até três músicos e € 5.500 para projetos que envolvam mais de três músicos.

No que diz respeito aos seus objetivos específicos, serão consideradas prioritárias as despesas diretamente relacionadas com prestação do trabalho dos artistas intérpretes, tais como cachetsde músicos e custos relacionados com a gravação e a produção.

As candidaturas apoiadas no âmbito deste programa terão obrigatoriamente de concluir a produção integral (gravação, mistura, masterização, capa e inlay) do fonograma no prazo máximo de 18 meses a contar da data da notificação sobre a atribuição do apoio, ou seja, até 29 de novembro de 2020.

Aos interessados, recomendam-se as leituras do Regulamento Geral 2019, o Regulamento Específico, e igualmente, do Aviso de Abertura.

O formulário de candidatura e as respetivas instruções de preenchimento estarão disponíveis a partir de hoje, dia 11 de março, no Portal do Artista.

Concurso de apoio a Bolsas de Qualificação e Especialização Artística da Fundação GDA começa a 8 de abril

O objetivo deste concurso é estimular a especialização, a formação contínua e a valorização profissional dos atores, bailarinos e músicos, e fomentar a progressão das respetivas carreiras profissionais, através do desenvolvimento de projetos de especialização académica, ações de formação em técnicas avançadas dos domínios artísticos envolvidos, ou programas de pesquisa e desenvolvimento teórico que contribuam para o desenvolvimento das artes e da cultura nacional.

Este ano as candidaturas ao concurso realizam-se entre 8 de abril e 3 de maio e apenas serão admitidas candidaturas apresentadas por artistas intérpretes ou executantes, em nome individual, que demonstrem exercer atividade profissional regular ou que tenham terminado a licenciatura nas áreas artísticas nas áreas da música, teatro e dança.

O montante total de apoios a distribuir em 2019, neste programa, é de € 195.000,00 (cento e noventa e cinco mil euros). O montante máximo de cada bolsa a atribuir não poderá exceder os € 3.500 (três mil e quinhentos euros) nas formações a realizar dentro do território nacional e os € 6.500 (seis mil e quinhentos euros) para formações a realizar fora do território nacional.

Para este concurso, serão consideradas prioritárias as despesas relacionadas com as propinas e outros encargos obrigatórios com a realização do projeto, custos de admissão ou frequência das ações propostas na candidatura e ainda as despesas com seguros, materiais escolares ou de estudo obrigatórios. As bolsas concedidas terão de ser utilizadas entre 1 de agosto do ano da concessão da bolsa e o dia 1 de agosto do ano seguinte.

Aos interessados, recomenda-se a leitura do Regulamento Geral, do Regulamento Específico e ainda do Aviso de Abertura. O formulário de candidatura e as respetivas instruções de preenchimento estarão disponíveis no Portal do Artista, a partir de 8 de abril.

Festival MIL regressa a Lisboa com descontos para cooperadores da GDA

O MIL – Lisbon Internacional Music Network está de volta, para mais uma edição. Tido como o melhor festival para criar redes de contactos no seio da indústria musical lusófona vai decorrer entre 27 e 29 de março, no Cais do Sodré, em Lisboa.

Através dos acordos que a Fundação GDA estabeleceu com a organização deste festival dirigido a profissionais da música, os artistas cooperadores da GDA têm a possibilidade de usufruir de um desconto de 25% sobre o preço do PRO Ticket, bilhete que dá acesso às conferências profissionais, que é de € 74,20.

O MIL é um festival e convenção internacional para profissionais mantendo o seu foco na música popular lusófona, assumindo-se como umponto de encontro entre agentes das indústrias músicas de todo o mundo, potenciando assim o mais fácil contacto internacional e facilitando a abertura de portas a novos mercados.

Desta vez será novamente constituído por dois tipos de programa: as convenções reservadas a profissionais (cujos oradores já se encontram em cartaz) e pelo festival musical, que é aberto ao grande público e com variados nomes já confirmados. Clique aqui para mais informação sobre o festival.

Os artistas cooperadores da GDA com interesse em usufruir deste desconto deverão entrar em contacto com a Fundação GDA, através do email comunicacao@fundacogda.pt, mencionando o nome completo e o respetivo número de cooperador.

Curtas-metragens

Programa de apoio à produção de curtas-metragens de ficção nacionais, tendo em vista promover e profissionalizar o trabalho realizado por artistas intérpretes nestas obras, favorecendo a divulgação e desenvolvimento da sua carreira profissional.