Apoio a Showcases Internacionais com as candidaturas abertas

No âmbito das suas políticas de apoio à Internacionalização da Música Portuguesa, a Fundação concede através do Programa de Apoio a Showcases Internacionais, apoios que visam suportar custos relacionados com as deslocações, estadias e alimentação a Artistas/Músicos convidados para esses eventos internacionais.

Através desta iniciativa, que decorre em duas fases (uma para o primeiro e outra para o segundo semestre), a Fundação GDA pretende contribuir para potenciar a internacionalização dos artistas portugueses de todas as estéticas musicais. Para esse efeito, a Fundação GDA orçamentou, para 2020, um montante de 75.000 €, o que representa um reforço das verbas consignadas na ordem dos 25 por cento.

Este aumento justificou-se pelo sucesso que a música portuguesa tem vindo a alcançar no plano internacional e que gerou um número crescente de convites a bandas e músicos nacionais no sentido de apresentarem as suas criações em festivais de showcases internacionais.

O montante máximo de cada apoio é de 4.000 € e o mínimo de 750 €, tendo em consideração o número de artistas em palco bem como a localização geográfica dos festivais.

Apesar do adiamento e do cancelamento de muitos festivais devido à situação pandémica, a Fundação GDA decidiu não proceder a alterações neste programa de apoio.

Em 2019 a Fundação GDA apoiou, através deste Programa de Apoio, a deslocação de um total de 133 músicos nacionais (35 bandas) a 18 festivais internacionais de showcase, que se realizaram em 12 países.

Para concorrer a estes apoios, atribuídos a título de comparticipação nas despesas relacionadas com os artistas, os interessados devem submeter a sua candidatura no Portal do Artista.

Consulte:

O aviso de abertura.

O Regulamento da Edição de 2020 do Programa de Apoio a Showcases Internacionais e a lista completa de festivais de referência.

Westway LAB regressa a Guimarães em abril de 2019 com conferências gratuitas para cooperadores da GDA

Em Guimarães já está tudo a postos para receber a sexta edição do Westway LAB, que decorrerá entre os dias 10 e 13 de abril do próximo ano. A música e a criação voltarão a conquistar a cidade de Guimarães com concertos, conferências profissionais (gratuitas para cooperadores da GDA), estando já as candidaturas abertas para residências artísticas e showcases.

Como nas edições anteriores, o Westway LAB continuará, em 2019, a afirmar-se como um território internacional de criatividade, networking e também de usufruto de música.

O crescimento do festival consolidou-se ao longo dos últimos cinco anos, resultando de uma evolução natural que conta com uma rede de parceiros nacionais e internacionais que acreditam e investem no projeto. Entre esses parceiros, encontra-se a Fundação GDA que apoia as conferências profissionais.

A Fundação GDA garante, por essa via, aos cooperadores da GDA – Gestão dos Direitos dos Artistas o acesso gratuito às conferências profissionais, organizadas em estreita colaboração com a Associação de Músicos Artistas e Editoras Independentes (AMAEI).

Os cooperadores da GDA interessados em participar nessas conferências profissionais deverão enviar um email para comunicacao@gda.pt, mencionando o nome e o número de cooperador.

Concebido como um evento de música, pela música e para a música e tendo o Centro Cultural Vila Flor como base de operações, o festival alarga-se para diversos locais da cidade, passa por espaços culturais históricos e cosmopolitas, bem como por bares e restaurantes.

Com a sua primeira edição realizada em 2014, este festival tornou-se um destino preferencial para as bandas se apresentarem a figuras de relevo da indústria musical nacional e internacional. O Westway LAB foi o primeiro festival de showcase em Portugal e também o primeiro festival português a promover ativamente artistas portugueses no âmbito do Programa Europeu de Intercâmbio de Talento, o ETEP – Eurosonic. A partir de 2018, o Westway LAB passou também a ser parceiro do projeto INES (Rede de Inovação de Showcases Europeus).

Para a edição de 2019 já estão abertas as candidaturas aos showcases, aos quais podem concorrer bandas de worldmusic, indie/alternativa, eletrónica, pop avantgarde, artrock, rock alternativo, bem como cantautores. Mais informação aqui.

Também já abriram as candidaturas (só para artistas portugueses) para residências artísticas, destinadas a bandas dos géneros worldmusic, eletrónica, art-pop, alternativo e cantautores. Mais informações aqui.

Para mais informações consulte o site do Westway LAB.

Curtas-metragens

Programa de apoio à produção de curtas-metragens de ficção nacionais, tendo em vista promover e profissionalizar o trabalho realizado por artistas intérpretes nestas obras, favorecendo a divulgação e desenvolvimento da sua carreira profissional.