Festival MIL com descontos para cooperadores da GDA

O Festival MIL está de regresso a Lisboa para a sua 7.ª edição e traz uma à capital portuguesa uma programação que reúne mais de 50 artistas. Os cooperadores da GDA beneficiam de um desconto de 25% na aquisição dos bilhetes que incluem acesso aos programas profissionais e artísticos.

O Festival MIL dedica-se à descoberta, promoção, valorização e internacionalização da música popular atual. Assim, para além da música, centenas de profissionais nacionais e internacionais reúnem-se em Lisboa para trocar experiências, estabelecer contactos e descobrir, com o público, novos artistas.

Indústria da Música, Políticas Culturais, Economia Noturna e Acessibilidade, Sustentabilidade e Ética são as quatro áreas temáticas em discussão, numa Convenção que conta com a presença de promotores, venues, festivais, editoras, marcas e instituições da indústria da música de todo o mundo, reunindo cerca de 120 oradores em Lisboa.

Dos vários países presentes no festival, Brasil, Espanha e França trazem o maior número de artistas, continuando assim a relação que o festival tem vindo a criar com a música destes países.

Para usufruir do desconto, os cooperadores da GDA deverão entrar em contacto com a Fundação GDA, através do email dptcomunicacao@fundacaogda.pt, mencionando o nome completo e o respetivo número de cooperador.

 

Workshops da BoCA Summerschool têm condições especiais para cooperadores da GDA

O programa da edição de 2023 contempla quatro workshops de Dança e Performance, Artes Performativas e Teatro e Artes Sonoras, que irão decorrer durante o mês de setembro em vários equipamentos culturais da cidade de Lisboa. À semelhança de anos anteriores, esta edição conta com o apoio da Fundação GDA.

As ações formativas serão ministradas por prestigiados artistas internacionais e a aposta é, uma vez mais, na transdisciplinaridade.

Os artistas cooperadores da GDA beneficiam de um desconto de 50% nos preços de participação.

1. Workshop de dança-performance: “Eu para jantar”

Com Gaya de Medeiros (Brasil)
Datas: 8, 9 e 10 de setembro
Local: ACCA – Estúdios Clara Andermatt (Bairro Alto)

2. Workshop de teatro

Com Ntando Cele (África do Sul / Suíça)
Datas: 24 e 25 de setembro
Local: Teatro Taborda

3. Workshop de dança: “Na procura do corpo autónomo”

Com Tamara Cubas (Uruguai)
Datas: 26, 27, 28,29 e 30 de setembro
Local: São Luiz Teatro Municipal e Estúdios Victor Córdon

4. Workshop de Música / Som: “Um bruto enlace”

Com Pedro Sousa (Portugal)
Datas: 30 de setembro e 1 de outubro
Local: Biblioteca de Marvila – auditório

Ciclo de formação do TNDMII promove a inclusão

Programa formativo do Teatro Nacional D. Maria II promove especialização em torno de práticas performativas, inclusão, práticas somáticas, performance, acessibilidade, política, identidade e trabalho autoral.

Formação Norma é o programa de capacitação organizado pelo Teatro Nacional D. Maria II em parceria com a Fundação GDA e a Santa casa da Misericórdia de Lisboa, destinado a artistas com e sem deficiência e S/surdos.

BoCA Summer School: Workshop de dança “Na procura do corpo autónomo”

Autonomia, aquela condição que permite relacionar-nos livremente com o Outro, ou seja, o que acontece relacionando os vários planos de tempo e espaço.

Essa relação livre que pode ir fundo; como o abismo que aterroriza e seduz, mas não paralisa.

Esse universo que entende a complexidade e está aberto a qualquer direção que o presente exija.

Essa particularidade, despojada de paradigmas, princípios, moralidades e limites que pré-definem o encontro com o outro e o seu futuro.

Tamara Cubas convida para um processo de experimentação e análise na ação de determinadas práticas e lógicas para desvendar alguns pontos que considera úteis nesta busca de autonomia. Onde está localizado o lugar da força, do desejo ou da pulsão? Qual é a estratégia relacional? Que mundos ele integra? De que lógicas ele se afasta? Quais são os seus limites? Quais são os pontos de partida? Que universos ele integra?

Tamara Cubas é uma coreógrafa, artista visual e gestora cultural nascida no Uruguai, reconhecida internacionalmente principalmente pelo seu trabalho Trilogia Antropofágica.

A sua obra viajou por diversas disciplinas, desde as artes cénicas às artes visuais, incluindo exposições e instalações coletivas e individuais.

Um dos eixos temáticos predominantes ao longo de sua carreira autoral é a última ditadura militar no Uruguai, que marcou a sua infância e história familiar.

Máx. 15 participantes. As inscrições são feitas por ordem de receção.

 

PREÇO DE PARTICIPAÇÃO

Normal: 120€
Artistas Cooperadores da Fundação GDA: 60€

BoCa Summer School: workshop de teatro

Ntando Cele nasceu na África do Sul e vive em Bern, na Suíça. Estudou teatro em Durban e na DasArts Academy, em Amsterdão. O seu trabalho ultrapassa as fronteiras entre teatro físico, vídeo-instalação, concerto e performance. Ela combina texto, música e vídeo para recrear a sua própria identidade em cena.

Nas suas peças, questiona o conceito de identidade, investiga preconceitos e desmantela estereótipos. “Saber que uma sociedade é multicultural não significa necessariamente que exista compreensão intercultural.”

Máx. 15 participantes. As inscrições são feitas por ordem de receção.

PREÇO DE PARTICIPAÇÃO

Normal: 40€
Artistas Cooperadores da Fundação GDA: 20€

BoCA Summer School 2023: workshop de dança/performance “Eu para jantar”

“Eu para Jantar” explora as possibilidades de modulação da presença: jogar com a performance corporal e vocal no encontro com o outro. Exploraremos o ato performativo como um momento antropofágico de troca, onde o público devora as nossas potencialidades e fragilidades, criando novas pontes para o intercâmbio de subjetividades. A partir de exercícios de improvisação e composição, os participantes vão centrar-se na tensão entre corpo, voz e identidade.

Gaya de Medeiros é uma artista brasileira, residente em Lisboa. Cursou na Universidade de Cinema de Animação UFMG/BR. Estudou ballet clássico, dança contemporânea, teatro e dramaturgia. Trabalhou durante 9 anos como bailarina e criadora na Companhia de Dança do Palácio das Artes (BR). Em Portugal, colaborou com Olga Roriz, Tiago Cadete, Sónia Baptista, Gustavo Ciríaco, Alex Cassal, Victor Hugo Pontes e Daniel Gorjão. Protagonizou a curta-metragem “Caroço de Abacate “, premiada em Hollywood, França, Berlim e vários outros países. Criou o espetáculo “Atlas da Boca”, que integrou o Festival Alkantara 2021, eleito um dos melhores espetáculos de 2021 pelo Jornal Expresso, e que compôs a lista dos 20 espetáculos europeus selecionados para o Spring Forward- Aerowaves 2023. Em 2022 estreou a sua segunda criação, “BAqUE”, em coprodução com o Espaço do Tempo, TBA e CCVF.  Em 2023, leva ao DDD a antestreia de “Pai para jantar”, que estreia em novembro no Festival Alkantara. Fundou a BRABA.plataforma que visa apoiar, viabilizar e financiar iniciativas protagonizadas/direcionadas para a comunidade Trans/Não binária.

Máx. 15 participantes. As inscrições são feitas por ordem de receção.

PREÇO DE PARTICIPAÇÃO

Normal: 50€
Artistas Cooperadores da Fundação GDA: 25€

Programa Passaporte: workshops gratuitos para Cooperadores da GDA

A edição de 2022 do Programa PassaporteLisboa, que conta com o apoio da Fundação GDA, regressa este mês à Fundação Arpad-Szenes Vieira da Silva.

O Programa Passaporte promove a internacionalização de artistas portugueses, dando a conhecer o seu talento a reconhecidos casting directors internacionais, num encontro anual em Lisboa.

A 7.ª edição desta iniciativa realiza-se entre 26 e 29 de maio, na Fundação Arpad-Szenes Vieira da Silva, em Lisboa.  Para além deste aspeto fulcral, o programa assegura ainda um conjunto significativo de workshops e ações de formação de relevo.

Artistas cooperadores da GDA poderão participar gratuitamente nos workshops, nas condições previstas pela organização, mediante inscrição prévia que deverá ser efetivada através da página do Programa Passaporte (link abaixo).

As inscrições são limitadas à lotação da sala.

48 projetos selecionados pelo Concurso de Apoio a Espetáculos de Teatro e Dança da Fundação

Num total de 146 candidaturas submetidas ao concurso, das quais 132 foram admitidas, o júri independente selecionou para apoio um total de 48 projetos que, no seu conjunto, receberão apoios num total de 300 000 €.

Este ano o júri, convidado pela Fundação GDA para proceder à avaliação e seleção dos projetos, foi constituído por Eduarda Neves, Mónica Guerreiro e Rui Monteiro.

Uma análise dos números por área artística permite constatar que 20 apoios se destinaram a projetos de teatro, 15 a cruzamentos disciplinares e 13 a projetos de dança.

Este concurso visa apoiar a criação e apresentação pública de projetos de teatro, dança e cruzamentos disciplinares, tendo em vista promover oportunidades de trabalho para atores e bailarinos profissionais, bem como dinamizar a oferta e a diversidade criativa nestas áreas.

O valor máximo de cada apoio atribuído ascende aos 7.500 € por projeto, devendo essa verba ser obrigatoriamente destinada à comparticipação nas despesas diretamente relacionadas com a participação dos artistas intérpretes nos projetos em causa. São consideradas despesas como os cachets dos artistas e custos com as suas deslocações, estadias e alimentação.

74 projetos apoiados através do Programa de Apoio à Edição Fonográfica de Intérprete da Fundação GDA

Das 531 candidaturas admitidas a concurso, o júri independente, composto por João Carvalho, Luís Hilário, Pedro Amaral e Rui Torrinha, deliberou atribuir apoio a 74 projetos, envolvendo um total de 427 músicos.

O Programa Apoio à Edição Fonográfica de Intérprete pretende dinamizar o mercado editorial da música portuguesa, a diversidade das expressões musicais e o acesso e usufruto dos cidadãos à criatividade musical, apoiando a gravação e produção de novas obras fonográficas.

Os apoios foram distribuídos por género musical, de forma proporcional ao número de candidaturas admitidas:

Clássica: 74 candidaturas
Jazz: 88 candidaturas
Eletrónica: 46 candidaturas
Ligeira: 15 candidaturas
Urbana: 41 candidaturas
Pop/Rock: 197 candidaturas
Tradicional: 70 candidaturas

Fundação GDA apoia circulação nacional e internacional de 60 projetos

Das 176 candidaturas admitidas a concurso, o júri independente composto por António Fonseca, Maria José Fazenda, Miguel Cadete e Pedro Carneiro, deliberou atribuir apoio a 60 projetos, que envolvem um total de 228 artistas intérpretes.

No ano em que reativou o seu Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos, a Fundação GDA apoia a circulação nacional e internacional de 12 projetos na área da Dança, 28 na área da Música e 20 na área do Teatro. O montante total de apoios atribuídos ascende aos 120.000 €.

Entre as candidaturas apoiadas, 13 destinam-se à circulação internacional, 36 à nacional e 11 a ambas.

Em cada área, o número de projetos apoiados é proporcional ao número das candidaturas recebidas.

Com este concurso, a Fundação GDA visa apoiar a apresentação pública de projetos de música, teatro e dança, em Portugal e no estrangeiro. O apoio financeiro concedido visa comparticipar despesas diretamente relacionadas com a participação dos artistas intérpretes em itinerâncias já agendadas.

 

Candidaturas apoiadas

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#4a4949″ expand_text=”Dança” collapse_text=”Fechar” ]

Apoiadas – Dança

Candidatura 8398       ATREVIDOPALCO Associação Cultural

Candidatura 8416       Produção d’Fusão

Candidatura 8427       Bruna Soraia Miguel de Carvalho

Candidatura 8517       PAssos e Compassos

Candidatura 8590       Joana Sofia de Almeida Andrade Castro

Candidatura 8591       Alexandra Novais Cardoso Gomes

Candidatura 8599       Partícula Extravagante

Candidatura 8604       C4M4 Associação Cultural

Candidatura 8624       United Visionary Arts

Candidatura 8648       Esquiva Companhia de Dança

Candidatura 8712       Beatriz Rodrigues Torrão de Sá Valentim

Candidatura 8720       Anaísa Patrícia de Lemos e sousa Lucas Lopes

Suplentes – Dança

Candidatura 8501       Julián Pacomio

Candidatura 8566       Vitória Inácia Viegas Teles Grilo

Candidatura 8587       Vaca Magra

Candidatura 8608       Bárbara Gabriela Ventura Pinto Cordeiro

Candidatura 8680       ANUARTIS

[/bg_collapse]

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#4a4949″ expand_text=”Música” collapse_text=”Fechar” ]

Apoiadas – Música

Candidatura 8355       Luca Chiaradia Argel

Candidatura 8431       Joana Maria Carneiro Gama

Candidatura 8470       Miguel Jorge Barreira-Silva

Candidatura 8476       Lara Sofia Marques Martins Pollet

Candidatura 8478       Tantas Vozes, Núcleo Artístico

Candidatura 8487       Sons Matizados

Candidatura 8492       Marta Gonçalves Vilaça

Candidatura 8510       Sofia Faria Fernandes

Candidatura 8519       AREPO | Ópera e Artes Contemporâneas

Candidatura 8523       Maria da Rocha Gonçalves

Candidatura 8528       Marcelo Rúben de Azeredo Sousa Aires

Candidatura 8550       REPERCUSSION TRIO – ASSOCIAÇÃO DE MÚSICA

Candidatura 8580       Clave na Mão, Lda

Candidatura 8585       ARQUIPÉLAGO CROMÁTICO – ASSOCIAÇÃO

Candidatura 8601       Compasso Supremo Associação

Candidatura 8606       Farra Fanfarra – Associação Cultural

Candidatura 8609       Paulo Fonseca Amendoeira

Candidatura 8623       Filipe Alexander Karlsson Fernandes

Candidatura 8631       Carolina Inês Gomes Alves

Candidatura 8659       Mariana Barbosa Camacho

Candidatura 8662       Luís Maria Tomé Ribeiro de Barbosa Montenegro

Candidatura 8685       Mário Jorge Enes da Costa

Candidatura 8697       Aurum et Purpura – Núcleo de Criação Artístico

Candidatura 8717       Francesco Luciani

Candidatura 8721       muti collective

Candidatura 8727       Rui da Gama Vieira

Candidatura 8729       Daniel Oliveira Bolito

Candidatura 8759       Grupo de Teatro Murmuriu

 

Suplentes – Música

Candidatura 8363       João Pedro de Vilhena Faísca Teixeira

Candidatura 8405       AOCM – Associação Orquestra Clássica da Madeira

Candidatura 8434       Harmonia Plácida

Candidatura 8464       Isabel Emília Loureiro Calado

Candidatura 8481       Vasco Albano Afonso Carvalho

Candidatura 8483       Rui Pedro Cardoso Antunes

Candidatura 8484       João Vasco Manso Guerreiro de Almeida

Candidatura 8485       Joana Sofia Assis Pereira

Candidatura 8541       Ana Maria Tomé de Matos

Candidatura 8548       Pedro Emanuel da Silva Pereira

Candidatura 8582       Pedro Filipe Abreu Rodrigues de Souza

Candidatura 8639       Luís Daniel Gomes Gonçalves Pereira

Candidatura 8672       Bruno Miguel Fernandes dos Santos

Candidatura 8695       Associação Local Global

Candidatura 8710       Joana Filipa Lopes Penedos Amendoeira

Candidatura 8715       Miguel Ângelo Coelho Silva

Candidatura 8719       Burak Ozkan

[/bg_collapse]

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#4a4949″ expand_text=”Teatro” collapse_text=”Fechar” ]

Apoiadas – Teatro

Candidatura 8327       Cassandra

Candidatura 8330       Ações & Conexões

Candidatura 8334       Associação Orquestra Sem Fronteiras

Candidatura 8341       Diana Filipa Nicolau de Sousa

Candidatura 8371       Catarina Barata Mota

Candidatura 8463       Arte33- Núcleo Cultural

Candidatura 8465       Paula Cristina da Silva Ribeiro Diogo de Carvalho

Candidatura 8467       Colectivo JAT – Janela Aberta Teatro

Candidatura 8495       ARDEMENTE ASSOCIAÇÃO ARTÍSTICA

Candidatura 8540       Eva Ribeiro

Candidatura 8544       Varazim Teatro G.A. Associação Cultural e Juvenil

Candidatura 8555       A.C. Teatro Meia Volta

Candidatura 8556       Giovanni César Bernardo Lourenço

Candidatura 8586       João Guedes Alves Branco

Candidatura 8670       Além Mundus – Associação Cultural

Candidatura 8678       TREMA  ASSOCIAÇÃO CULTURAL

Candidatura 8684       Musgo Amarelo Associação

Candidatura 8716       Break a Leg Associação Cultural

Candidatura 8739       André Manuel Rodrigues Amálio

Candidatura 8744       Tonan Bala – Associação Cultural

Suplentes – Teatro

Candidatura 8482       Boutique da Cultura

Candidatura 8490       Paulo Alexandre Cosme Lopes Lage

Candidatura 8628       Teatro Lobby

Candidatura 8637       Muda’te Companhia de Artes Performativas

Candidatura 8651       AMARELOCÁLIDO – ASSOCIAÇÃO

Candidatura 8660       ProAcid

[/bg_collapse]

Showcases Internacionais

Programa de apoio à apresentação de projetos musicais em festivais internacionais de showcases, tendo em vista a divulgação e promoção das carreiras profissionais e artísticas de músicos portugueses.