Fundos Europeus: cinemas enquanto polos de inovação para comunidades locais

A Comissão Europeia lançou, através do programa Europa Criativa, o segundo convite à apresentação de propostas relativas à Ação Preparatória – Cinemas as Innovation Hubs for Local Communities.

Os projetos podem ser cofinanciados até 70% dos seus custos totais, com um limite de €500.000 por projeto. Esta Ação Preparatória tem como objetivo testar novos modelos e novas experiências de fruição de cinema, tendo em consideração as necessidades das comunidades locais, com foco em projetos que visem, entre outros aspetos, repensar a experiência cinematográfica após a crise pandémica de COVID-19, com vista à criação de espaços culturais inovadores.

A data limite para a apresentação de candidaturas é 21 de agosto de 2020.

Para mais informação consulte o Aviso de Abertura da Europa Criativa.

Clique aque para consultar a lista de entidades europeias que procuram parceiros no âmbito desta call.

Linhas de financiamento para Programação Cultural em Rede abertas até 31 de agosto

Os programas operacionais regionais do Centro, Norte, Lisboa, Alentejo e Algarve ainda têm concursos abertos para linhas de financiamento que visam apoiar a Programação Cultural em Rede.

Abertos até 31 de agosto, os avisos para linhas de apoio incluem elementos de simplificação decorrentes das medidas da Covid-19 e destinam-se, de um modo geral, à itinerância de eventos culturais ou a promoção conjunta de equipamentos a nível intermunicipal e/ou regional.

Podem concorrer entidades da Administração Pública Central, autarquias e suas associações, pessoas coletivas de direito público, entidades privadas sem fins lucrativos e agentes culturais.

Para mais informação

17 projetos apoiados através do Concurso de Apoio a Curtas-Metragens da Fundação GDA

Este concurso visa apoiar a produção de curtas-metragens de ficção nacionais, tendo em vista promover e profissionalizar o trabalho realizado pelos artistas intérpretes nestas obras, favorecendo a divulgação e desenvolvimento da sua carreira profissional e artística.

No total foram atribuídos apoios correspondentes a um montante global de 120.000,00 € (cento e vinte mil euros), destinando-se um montante máximo de 7.500,00€ por candidatura. Os apoios concedidos no âmbito deste concurso são atribuídos a título de comparticipação nas despesas ou encargos dos projetos.

O júri externo composto por Artur Ribeiro, Margarida Leitão e Luís Fonseca avaliou 98 candidaturas admitidas, deliberando a atribuição de apoio a 17 projetos.

[bg_collapse view=”button-orange” color=”#f0ab00″ icon=”eye” expand_text=”Vencedores” collapse_text=”Fechar” ]

Candidatura 4371: Luis Costa

Candidatura 4405: Carlos Miguel Mousinho Lima

Candidatura 4500: Tatiana Monteiro de Carvalho Ramos

Candidatura 4504: Frederico Epifânio da Franca Proença Mesquita

Candidatura 4519: Alexander Jorge David Cartaxo

Candidatura 4544: Fado Filmes

Candidatura 4566: Mário Alexandre Rodrigues Macedo

Candidatura 4570: FRMG, Lda.

Candidatura 4589: Primeira Idade

Candidatura 4590: Welket N’cabna Tambá Bungué

Candidatura 4513: Clarão Companhia

Candidatura 4553: José Martim Baginha Dias Xavier Cardoso

Candidatura 4554: Manuel Diogo Colaço Rocha da Silva

Candidatura 4381: The Stone and The Plot

Candidatura 4394: Inês Nunes

Candidatura 4565: Inês Castelo Branco de Lemos Teixeira

Candidatura 4567: Gonçalo Loureiro

[/bg_collapse]


[bg_collapse view=”button-orange” color=”#f0ab00″ icon=”eye” expand_text=”Suplentes” collapse_text=”Fechar” ]

Candidatura 4594: Deborah Viegas Torres de Oliveira

Candidatura 4532: Gonçalo Almeida

Candidatura 4543: Cristina Cruz Forte

Candidatura 4573: Maria & Mayer

Candidatura 4584: Vigília Lda

[/bg_collapse]


 

4-ª edição da BoCA Summer School com condições especiais para os cooperadores da GDA

Entre espaços exteriores e interiores, os momentos de formação terão lugar na Culturgest, no MAAT, na Casa da Dança de Almada, nos Estúdios Vítor Córdon, mas também nas margens do rio Tejo e em jardins públicos da cidade de Lisboa.

O primeiro workshop é dirigido pela argentina Cecilia Bengolea, de 15 a 18 de julho, entre o estúdio da Casa da Dança de Almada e o rio Tejo, no Ginjal, sob o título “Dança – Vídeo – Ecossistema”, abordando a sua prática antropológica em danças urbanas e, em específico, nas Danças Utópicas.

A artista espanhola Dora García vem pela primeira vez a Lisboa dirigir um workshop de performance, no MAAT, de 4 a 6 de setembro. Com o título “A Invenção de Morel”, a artista questiona: como reagir a um sistema de realidade do qual não fazemos parte?

A dupla norte-americana Gerard & Kelly vai ministrar um workshop dirigido a estudantes e profissionais das artes performativas, entre os Estúdios Vítor Córdon e os jardins públicos da cidade de Lisboa.

O encenador alemão Stefan Kaegi/Rimini Protokoll convoca intérpretes, encenadores e escritores a participar no workshop que dirige na Culturgest, em que explorará com os participantes materiais para o seu próximo espetáculo, “Conferência dos Ausentes”.

Já os realizadores de cinema João Pedro Rodrigues & João Rui Guerra da Mata dirigem um workshop de cinema, “Ficção a 2 metros de distância”, no fim de semana de 19 e 20 de setembro, na Culturgest, onde os participantes são convidados a levar os seus esboços de filmes ou projetos audiovisuais.

Os artistas cooperadores da GDA poderão beneficiar de um desconto de 50% nas inscrições, cujos valores são compreendidos entre 20€ a 25€, variando assim em função da ação a frequentar.
O workshop de cinema com os realizadores João Rodrigues e João Guerra da Mata não prevê qualquer tipo de desconto para cooperadores.

Para mais informações sobre as inscrições e a programação consulte a página oficial da BoCA Summer School.

A Fundação GDA adaptou o seu atendimento presencial

No país continuam a viver-se circunstâncias especiais que ainda não nos permitem um regresso pleno ao funcionamento normal. Por isso, e a fim de diminuir os riscos de contágio, o meio de contacto preferencial continuará a ser o email e o telefone, para os seguintes contactos:

Lisboa

(+351) 217 993 366
geral@gda.pt

Porto
(+351) 222 085 578/9
(+351) 961950445
geral.porto@gda.pt

 

O atendimento presencial nas nossas instalações em Lisboa e no Porto poderá ser efetuado mediante marcação prévia e em estrita observância das condições de segurança determinadas pela Direção Geral de Saúde.

Após a marcação por telefone ou email, os artistas poderão ser atendidos nas nossas instalações de Lisboa e do Porto, em dois períodos diários: de manhã, entre as 10h e as 12h30; à tarde, das 14h30 às 16h30.

Dentro das instalações, o uso de máscara e a desinfeção das mãos são obrigatórios, sendo atendida apenas uma pessoa de cada vez. Para evitar períodos de espera no hall, pede-se aos cooperadores que cheguem à hora marcada.

Para mais informações e contactos, clique aqui.

Arte Sem barreiras

Programa de apoio a artistas intérpretes com deficiência, na perspetiva de estimular e promover a sua valorização pessoal e profissional, através de mecanismos de apoio à formação e do incentivo à contratação por parte das organizações de produção artística.