Ruy de Carvalho – 80 anos de Carreira

Este projeto editorial da Ideias Convenientes destinou-se a homenagear a carreira do ator Ruy de Carvalho, através do projeto Retratos Contados, o qual envolveu também a montagem e apresentação de uma exposição itinerante sobre o único ator português no ativo a celebrar 80 anos de carreira.

Esta publicação fixa através de textos e fotografias a extraordinária obra produzida pelo artista. A Fundação GDA apoiou este projeto, tendo em consideração a relevância cultural da justa homenagem a Ruy de Carvalho.

Teatro e Tecnologia – Criação, produção, receção. Do deus “ex machina” ao teatro virtual

Editada pelas Edições Colibri, esta obra resulta da tese de doutoramento de Carlos Pimenta. Nela abordam-se a relação entre o teatro (e artes performativas), os direitos dos artistas e a questão das manifestações online durante o contexto pandémico.

Esta tese investe no entendimento sobre a origem do teatro enquanto “maravilhosa máquina” e a transformação a que é sujeita quando o som e, sobretudo, a imagem invadem a cena, alterando a nossa relação com a presença e o espaço. As tecnologias de mediação acentuam a alteração dessas relações, o que obriga a debater o conceito de performance e a questionar a própria natureza do teatro.

Com as tecnologias digitais, não é só essa natureza que é equacionada, de uma forma acelerada, mas também, a natureza da relação com os públicos num contexto cada vez mais virtualizado. São também tratadas questões que se prendem com os direitos autorais, e os direitos dos artistas intérpretes, bem como questões relacionadas com o online no contexto pandémico e pós-pandémico.

Esta edição reveste-se de uma temática de potencial interesse para o universo dos artistas intérpretes da área do teatro, o qual constitui um dos focos da atividade e missão da Fundação.

O Teatro Semiprofissional no Porto – Arte, Activismo e Experimentalismo nos anos 70 e 80

Este livro aborda a temática das práticas teatrais na cidade no Porto no período que se seguiu à revolução de 1974. A investigação efetuada pelos autores, Mário Moutinho e Luisa Marinho, e publicada nesta obra, trata de um período muito específico do movimento teatral na cidade do Porto, resgatando um conjunto alargado de artistas a um esquecimento progressivo e colocando-os no seu lugar da história do teatro português. Partindo de entrevistas e dos testemunhos diretos dos intervenientes, trata-se de uma obra que fixa uma memória imprescindível e valiosa sobre artistas e com os artistas.

A concretização deste documento histórico, assentou num trabalho de pesquisa minucioso, onde se reúnem elementos de diferentes naturezas como, cartazes, programas, fotografias, notícias e críticas, adereços, figurinos e outros objetos, nomeadamente relativos a diversos grupos e companhias de teatro que marcaram esse período.

No livro, focam-se as histórias das companhias, através das suas necessidades, ambições, pensamento político e artístico. As suas especificidades criativas – muito diversas entre si – mostram a diversidade destas décadas. Uma oportunidade para fixar igualmente todos os artistas que fizeram esta história.

Circulação de espetáculos

Programa de apoio à apresentação pública de projetos de música, teatro e dança, em Portugal e no estrangeiro, tendo em vista promover a circulação de espetáculos e artistas e favorecer a divulgação e desenvolvimento da sua carreira profissional.