9.ª sessão #makethemost

 

A 9.ª sessão do #makethemost é o primeiro encontro desde o início da pandemia, retomando a troca de experiências em torno das oportunidades de financiamento europeu para projetos de índole cultural. Esta sessão terá lugar no dia 7 de dezembro de 2021, no Teatro da Trindade, em Lisboa e estará incluída no programa de Jornadas para o Ator da XIV edição do Prémio Atores de Cinema.

Num ambiente informal, o #makethemost convida ao diálogo e à partilha de experiências, com o intuito de dar a conhecer projetos financiados por programas europeus, esclarecer quanto ao funcionamento dos instrumentos financeiros que apoiaram esses mesmos projetos e motivar para quem vai concorrer pela primeira vez.

Lançado em 2018 pela Fundação GDA, o projeto #makethemost pretende influenciar a motivação, o conhecimento e a capacidade de detetar oportunidades de financiamento para projetos artísticos e culturais portugueses, fomentando o diálogo e a troca de experiências numa dinâmica continuada, através da realização de sessões informais, em espaços culturais privilegiados.

Ao facilitar o acesso à informação sobre gestão de projeto e financiamento europeu, a Fundação GDA tem a ambição de incentivar a internacionalização e o desenvolvimento de projetos que reflitam o enorme talento dos artistas portugueses.


INTERVENIENTES


 

Susana Costa Pereira • Coordenadora Executiva do CIEC e Responsável Vertente MEDIA

José Amaral • SPi

Carlos Ramos • IndieLisboa

Miguel Dias • Curtas de Vila do Conde

Francisco Cipriano ⋅ Fundação GDA

Moderador
Consultor da Fundação GDA para os Fundos Europeus

Mestre em Geografia e Planeamento Regional e Local, Francisco Cipriano integra atualmente o Gabinete do Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, onde é responsável por acompanhar as oportunidades de cofinanciamento por fundos comunitários e outras iniciativas e programas europeus.
A sua vida profissional está ligada à execução e acompanhamento, avaliação e controlo de instrumentos de apoio às políticas públicas, sobretudo no âmbito do desenvolvimento regional e da política de coesão. A sua experiência profissional tem vindo a criar ligações com a gestão e a implementação dos programas e projetos estruturais da União Europeia e dos Fundos Comunitários em Portugal.

 


PROGRAMA


 
A entrada é livre e gratuita e não requer pré-inscrição.
 
15h00Receção dos participantes

15h30 – Início da sessão

 

15h30 – 16h30

Programas de financiamento europeu – Europa Criativa, Vertente MEDIA

Apresentação de Susana Costa Pereira

A vertente MEDIA do Programa Europa Criativa é um instrumento da Comissão Europeia de apoio ao cinema e audiovisual europeus. Trata-se de um Programa de co-financimento que dispõe de um conjunto de ferramentas que atuam a nível sectorial, em toda a cadeia de valor – desde a formação à exibição/emissão. O novo Programa Europa Criativa 2021-2027 dispõe de um orçamento de 2.44 mil milhões de Euros.

 

16h30 – 16h45 – intervalo

 

16h45 – 18h15

Apresentação de três casos de sucesso
Auga Seca
José Amaral • Managing Director SPi

“Auga Seca” começa com a morte a tiro de Paulo, um aparente suicídio. Mas nesta série nada é o que parece. E é Teresa, a sua irmã, que vai suspeitar que há algo de estranho no suicídio de Paulo. É por isso que decide mudar-se do Porto para Vigo e começar a trabalhar na empresa onde o seu irmão trabalhava, com o objetivo de descobrir o que lhe aconteceu. Teresa vai acabar por descobrir uma teia de tráfico de armas que vai por em risco a sua vida.  

IndieLisboa
Carlos Ramos • Co-produtor IndieLisboa

O IndieLisboa mostra essencialmente obras que se encontram fora do radar da regular circulação de filmes, moldada pela produção e exibição dominantes. Anualmente são exibidos mais de 270 filmes que atraem público e profissionais de cinema de todo o mundo, dando-lhes a oportunidade de descobrir filmes recentes de talentos emergentes e redescobrir autores de renome, além de debates, workshops, festas e um programa especial para o público mais novo, o IndieJúnior. 

Curtas Vila do Conde
Miguel Dias • Diretor Curtas Vila do Conde

O Curtas Vila Do Conde – Festival Internacional de Cinema, fundado em 1993, um dos mais prestigiados festivais de cinema em Portugal, terá a sua 30ª edição em julho de 2022.  O seu principal objetivo é a descoberta, promoção e divulgação das novas tendências do cinema contemporâneo, não descurando o legado da história do cinema, que tantas vezes soube homenagear. Historicamente ligado à curta-metragem, o festival apresenta um vasto programa de filmes de todos os formatos, géneros e durações, incluindo competições e programas especiais e retrospetivos, mas também exposições, concertos e um conjunto alargado de atividades, ora dirigidas ao público em geral, ora aos profissionais do setor. 

18h15 – Debate com os participantes

18h45 – Fim da sessão