8 jul

Resultados Bolsas de Qualificação e Especialização

A Fundação GDA tem o prazer de anunciar os resultados do concurso de atribuição de Bolsas de Qualificação e Especialização 2016.

A Fundação GDA tem o prazer de anunciar os resultados do concurso de atribuição de Bolsas de Qualificação e Especialização 2016.

As Bolsas de Qualificação e Especialização constituem um setor fundamental da política da Fundação GDA de apoio à formação, no qual convergem todos os elementos que forjam o progresso, a criatividade, o conhecimento, indispensáveis às atividades artísticas profissionais.

Este concurso visa estimular a especialização, a formação contínua e a valorização profissional dos artistas – atores, bailarinos e músicos – e fomentar a progressão das respetivas carreiras profissionais, através do desenvolvimento de projetos de especialização académica, ações de formação em técnicas avançadas dos domínios artísticos envolvidos ou programas de pesquisa e desenvolvimento teórico que contribuam para o desenvolvimento das artes e da cultura nacionais.

O júri externo – composto por Carlos Pimenta, Isabel Barros e Vítor Mota – decidiu contemplar 16 das 50 candidaturas recebidas, no valor total de €60.000.

As candidaturas apoiadas são as seguintes:

  • Processo 114 – Carlos António da Fonseca Monteiro
  • Processo 118 – Catarina de Sá Morais Campos Costa
  • Processo 125 – Catarina Miranda
  • Processo 134 – Ana Patrícia Dias Martins
  • Processo 135 – Ana Luísa Maia de Carvalho
  • Processo 136 – João Pedro Pinheiro Rosa
  • Processo 139 – Alexandre Cruz dos Santos
  • Processo 145 – Sara Cristina de Sousa Gonçalves
  • Processo 147 – Bernardo Joel Figueiredo de Almeida
  • Processo 150 – Filipa Cerqueira Portela
  • Processo 151 – Hugo José Couto Paiva
  • Processo 158 – João Guilherme Aurélio Nunes Barata
  • Processo 161 – Ana Vanessa Pinto Pires
  • Processo 163 – Sandra Marlene Rodrigues Pereira
  • Processo 166 – Igor Filipe Costa e Silva
  • Processo 172 – Telma Raquel Rocha da Mota

Destas 16 candidaturas apoiadas, 56% vêm da zona do Grande Porto; 19% da zona de Grande Lisboa e outras 19% da zona Centro; uma candidatura vem do estrangeiro. A maioria (69%) refere-se a estudos e formação na área da música, sendo que 19% diz respeito à formação na área de representação. Uma candidatura é na área da dança e outra refere-se a áreas diversas. Quinze dos dezasseis candidatos apoiados irão estudar ou receber formação no estrangeiro.


Atualização da informação, 1 de Agosto 2016:

A candidatura 118 – Catarina Campos Costa foi cancelada, tendo sido atribuído apoio a :

  • Processo 124 – Diana Rego
  • Processo 173 – Ana Dora Borges

Palavras-Chave

Partilhar