1 jun

Concluída a primeira fase do programa de Apoio à Circulação de Espetáculos 2018

Na sua primeira fase, o programa de Apoio à Circulação de Espetáculos 2018 da Fundação GDA vai apoiar 28 projetos nas áreas da Música, Dança e Teatro.

Está concluído o processo de avaliação das candidaturas concorrentes à primeira fase do Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos 2018, promovido pela Fundação GDA e que, recorde-se, tem como objetivo comparticipar os custos diretamente relacionados com o trabalho dos artistas intérpretes e executantes, tais como cachets, deslocações, estadias e alimentação, entre outros.

O júri externo constituído para o efeito, composto por Américo Rodrigues, João Carneiro, Luis Tinoco, Madalena Vitorino e Nuno Saraiva, analisou 35 candidaturas, tendo deliberado o apoio a 28 projetos: 4 na área da Dança, 20 na área da Música e 4 na área do Teatro. Entre os projetos apoiados, 46% são originários do Norte, 18% da Grande Lisboa, 29% de Lisboa e 7% da região centro.

Circunstâncias excecionais possibilitaram, ainda, que a Administração da Fundação GDA procedesse a um reforço das verbas inicialmente previstas para a distribuição dos apoios ao abrigo deste programa. Assim, a verba total a distribuir pelas duas fases do concurso subiu dos €120.000,00 (cento e vinte mil euros) inicialmente previstos para o valor final de €150.000,00 (cento e cinquenta mil euros).

Desta forma, nesta 1.ª fase do concurso, a Fundação GDA dará o seu contributo à apresentação pública de 28 projetos de música, teatro e dança, em Portugal e no estrangeiro, com um montante total de €73.369,92. Esta verba representa um aumento de 34,2% face aos valores da mesma fase do ano passado, permitido, assim, alargar o âmbito da intervenção da Fundação GDA nos apoios aos projetos concorrentes.

Assim, na área da Dança serão apoiados os seguintes projetos:

  • Candidatura n.º 1363 – Maria Margarida Almeida Coelho Mestre
  • Candidatura n.º 1353 – MãoSimMão - Associação Cultural
  • Candidatura n.º 1441 – DCTR - ASSOCIAÇÃO CULTURAL
  • Candidatura n.º 1456 – A Bela Associação

Na área da Música:

  • Candidatura n.º 1336 – Ruben Tiago Vasconcelos Portinha
  • Candidatura n.º 1343 – Casa do Professor (responsável: Hilário Fernandes Coutinho de Sousa)
  • Candidatura n.º 1346 – Carolina Brandão de Vasconcelos Aguiar Pinto
  • Candidatura n.º 1349 – Carlos Miguel Barata Mendes
  • Candidatura n.º 1355 – José Maria Barral Coutinho de Lencastre
  • Candidatura n.º 1360 – Banda Marcial de Fermentelos
  • Candidatura n.º 1368 – Sara Correia Serpa dos Santos
  • Candidatura n.º 1395 – Momentos Oblíquos (responsável: Luís Carvalho)
  • Candidatura n.º 1400 – Luís António Coelho Fernandes
  • Candidatura n.º 1407 – Paulo Rodrigo Aguiar Ribeiro Dias Duarte
  • Candidatura n.º 1419 - Francisco José Almeida Sales
  • Candidatura n.º 1421 – Frederico Miguel da Cruz Dinis
  • Candidatura n.º 1433 - Eduardo Gonçalo Vieira Jordão
  • Candidatura n.º 1439 – Ademiro José Paris Miranda
  • Candidatura n.º 1451 – Discos Tigre Branco Unipessoal, LDA (responsável: Paulo Furtado)
  • Candidatura n.º 1454 – PBAM - Portuguese Brass Associação de Metais (responsável: Filipe Lopes da Silva)
  • Candidatura n.º 1461 – José Pedro Henriques Frade
  • Candidatura n.º 1462 - Bruno Miguel Pereira Pinto
  • Candidatura n.º 1463 – Rita Isabel Castro Sampaio
  • Candidatura n.º 1464 - Nuno Fernandes Pinto

E na área do Teatro:

  • Candidatura n.º 1347 – Nuno André Pinheiro Trocado da Costa
  • Candidatura n.º 1388 – Efémera Colecção
  • Candidatura n.º 1425 – Grupo de Teatro Murmuriu
  • Candidatura n.º 1436 – Penetrarte Associação Cultural

A segunda fase deste programa decorrerá entre 24 de setembro e 12 de outubro deste ano.

© Imagem do projeto Parte de Coisa Nenhuma da Cerci Oeiras, apoiado no âmbito do Programa de Apoio à Circulação de Espetáculos 2017.

Palavras-Chave

Partilhar