5.ª sessão #makethemost

A quinta sessão do projeto #makethemost – Fundos Europeus para as Artes e Cultura decorre a 30 de maio, em Lisboa, nas instalações da Fundação GDA.

Mantendo o objetivo de aproximar a comunidade artística nacional das fontes de financiamento europeu, a Fundação GDA retorna a Lisboa com a quinta sessão do projeto #makethemost, depois de uma sessão realizada no Porto, a 18 de março de 2019.

A sessão terá lugar, já no dia 30 de maio, nas instalações da Fundação GDA (Avenida Defensores de Chaves, 46 A/B, Lisboa) e será dedicada ao Programa Europa para os Cidadãos.

O objetivo do Programa Europa para os Cidadãos é encorajar os europeus a terem um papel mais ativo no desenvolvimento da União Europeia e aproximá-los da Europa. Ao financiar projetos nos quais os cidadãos podem participar, contribui para uma melhor compreensão da União Europeia, da sua história, diversidade e valores comuns. A componente Arte e Cultura é uma das possibilidades de financiamento previstas. Será sobre essa que vai incidir a quinta sessão do #makethemost.

Nesta sessão, coordenada e moderada, como habitualmente, por Francisco Cipriano, consultor da Fundação GDA para a área dos Fundos Europeus, vamos conhecer um projeto cultural financiado por este programa. Partindo da apresentação desse projeto, vamos familiarizar-nos com o Programa Europa para os Cidadãos, sublinhando as vertentes deste instrumento financeiro mais vocacionadas para as Artes e Cultura.

Com o projeto #makethemost, a Fundação GDA pretende influenciar a motivação, o conhecimento e a capacidade de detetar oportunidades de financiamento para projetos artísticos e culturais portugueses, fomentando o diálogo e a troca de experiências numa dinâmica continuada, através da realização de sessões informais, em espaços privilegiados.

Ao facilitar o acesso à informação sobre gestão de projeto e financiamento europeu, a Fundação GDA tem a ambição de incentivar a internacionalização e o desenvolvimento de iniciativas que reflitam o enorme talento dos artistas portugueses.

Neste contexto de diálogo, de troca de experiências e de apresentação de casos reais, será possível discutir a concretização de projetos no terreno e fomentar novas ideias que conduzam a mais oportunidades de financiamento para o setor cultural e criativo.

Esta iniciativa é levada a cabo em conjunto com as outras ações a cargo da Fundação GDA no domínio dos financiamentos europeus, incluindo as sessões de aconselhamento individuais, e tem como principal objetivo motivar os artistas pelo conhecimento, tendo em vista a maximização das oportunidades de financiamento para os seus projetos.

Clique aqui para aceder ao formulário de inscrição


 Programa da sessão

17h30
Receção dos participantes

18h00
Rui Pedro Dâmaso
Associação Cultural OUT.RA

Apresentação do projeto Unearthing the Music: Creative Sound and Experimentation under European Totalitarianism (2016), financiado pelo Programa Europa para os Cidadãos – Vertente Memória europeia.

O projeto Unearthing the Music: Creative Sound and Experimentation under European Totalitarianism aborda a questão da liberdade de expressão – música – nos países sob a cortina de ferro e qual a situação dos músicos criativos e experimentais no período conhecido como descongelamento, que levou à Primavera de Praga. Nos países europeus sob o totalitarismo, o jazz, a música eletrónica e a música de vanguarda adquiriram a auréola do martírio, o simbolismo da resistência subterrânea e a busca pela democracia. Assim, uma grande parte dessa música permanece sem ser registada nem documentada.

Ao reunir música, vídeos, artigos, testemunhos, opiniões e estudos de investigação, bem como promover a discussão sobre esta música alternativa, tenta-se compreender como foi possível, sob o regime totalitário, desenvolver uma mentalidade criativa, criar música inovadora e contribuir para um elemento básico da identidade europeia.

 

18h45
Zélia Dias
Ponto de Contacto Nacional Programa Europa para os Cidadãos, Centro de Informação Europeia Jacques Delors

Apresentação do Programa Europa para os Cidadãos. Por Zélia Dias, Ponto de Contacto Nacional do Programa “Europa para os Cidadãos”. Centro de Informação Europeia Jacques Delors, Lisboa.

19h30
Debate com os participantes.

20h30
Fim da sessão