1.ª sessão #makethemost

2 de julho 2018, das 18h00 às 21h00

35328675_438639206562783_1406092990434246656_o.jpg
Página oficial do evento: clique aqui para aceder
Página oficial do #makethemost: clique aqui para aceder

Moderadores

Francisco Cipriano
franciscocipriano.jpgMestre em Geografia e Planeamento Regional e Local, Francisco Cipriano integra atualmente o Gabinete do Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, onde é responsável por acompanhar as oportunidades de cofinanciamento por fundos comunitários e outras iniciativas e programas europeus, em estreita articulação com os serviços e as atividades da Fundação.
A sua vida profissional está ligada à Execução e Acompanhamento, Avaliação e Controlo de instrumentos de apoio às políticas públicas, sobretudo no âmbito do desenvolvimento regional e da política de coesão. A sua experiência profissionalmente tem vindo a criar ligações com a gestão e a implementação dos programas e projetos estruturais da União Europeia e dos Fundos Comunitários em Portugal.

Joaquim Jorge
joaquimjorge2.pngÉ um dos fundadores d' A Reserva e é especialista em gestão de projetos Europeus, licenciado em Antropologia e pós-graduado em Patrimónios e Identidades pelo ISCTE.
Trabalha há cerca de 20 anos como técnico da cultura, tendo-se especializado na gestão de projetos Europeus. Nesta área, tem trabalhado as diferentes dimensões: financiamento, sustentabilidade, gestão e qualidade dos projetos. É um dos profissionais Portugueses com mais experiência nesta matéria, assumindo funções de consultor formador e investigador. Também neste âmbito, tem usufruido de várias ações de formação especializadas em gestão de projeto e novos modelos de aprendizagem.
Foi comissário da Conferência Europeia The Crisis as a Challenge, organizada com a Mapa das Ideias, em maio de 2012, que juntou cerca de oitenta profissionais de toda a Europa numa maratona de 5 dias de seminários e workshops.
Foi avaliador do European Museum Mediators coordenado pela Mapa das Ideias, entre 2012 e 2014, que envolveu Portugal, Espanha, Dinamarca, Itália e Estónia num projeto conjunto de investigação e formação na área da Mediação Cultural. É autor de vários artigos e comunicações.

Participantes convidados

Nuno Saraiva
nuno.saraiva.jpgÉ o atual Presidente da AMAEI - Associação de Músicos Artistas e Editoras Independentes, sendo também Diretor Executivo da WHY Portugal, plataforma e organização para a internacionalização da música portuguesa. É Membro da Direção da IMPALA - European Music Companies Association e EMEE - European Music Exporters Exchange, da qual a WHY Portugal faz parte. Luso-Canadiano, obteve a sua licenciatura na Universidade de Toronto e pós-graduação na Universidade de Windsor, Canadá.
Em 2014, foi co-fundador do Westway LAB Festival, primeiro showcase festival e conferência profissional de música em Portugal, juntamente com Rui Torrinha. Por sua vez, o Westway LAB integra as redes europeias ETEP - European Talent Exchange Programme, e INES - Innovation Network of European Showcases. Atualmente a sua empresa, SCL Lda., opera nos ramos das edições musicais fonográficas e autorais, através da marca Lusitanian Music. Saraiva é ainda consultor nos ramos do music publishing e do desenvolvimento internacional nas indústrias criativas. É também Consultor Internacional da Altafonte Music Publishing.

Rui Torrinha
ruitorrinha.pngRui Torrinha é o programador artístico do Centro Cultural Vila Flor, equipamento gerido pel'A Oficina, sediado em Guimarães.
É diretor artístico dos festivais: GUIdance (dança contemporânea), Westway LAB (música), Gil Vicente (teatro) e Manta (música).
Acumula a responsabilidade de gestão direta dos projetos Europeus (INES, CircusNext), do trabalho em rede (ex: rede nacional 5 sentidos) e colaborações várias (ex: Bolsa Amélia Rey Colaço com o TNDMII).
É também o responsável pelo plano de apoio à criação através das coproduções e residências artísticas que se realizam no Centro de Criação de Candoso.
Foi programador da CEC2012 (Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura) para a área da música - projeto POLIFONIAS.

Francisco Salgado
Fundador e membro da direcção da associação cultural Procur.arte. Nesta associação produziu todos os espetáculos de teatro que criou e é responsável, desde 2015, a direção dos projectos, no âmbito do apoio da Europa Criativa, “Flâneur” e “PARALLEL”.
Em 2012 obteve o Título de Especialista, em Teatro/encenação, no Instituto Politécnico de Lisboa.
Em 2010 fez a Pós graduação em Teatro no Doutoramento em Artes Cénicas, da Universidade Autónoma/Institut del Teatre, em Barcelona. Em 2000 completou a Licenciatura  em Ator/Encenador, onde já tinha em 1994 completado o Bacharelato, curso de Teatro, Formação de Actores, na Escola Superior de Teatro e Cinema.
Fez formação complementar com Peter Michael Dietz, João Fiadeiro, Thomas Richard.
Em 1995/1996, foi bolseiro pelo Centro Nacional de Cultura, em Nova York, no Lee Strasberg Theater Institute.
É, desde 2001 professor adjunto da cadeira de Interpretação na Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa.
É encenador e criador de espetáculos, como: “Olga”, “A Estufa”, “Blindwalks” , “Irina”, “Masha”, “Medeia”, “Fausto”, “A Montra”, “Noites Brancas”, “Cerejal”, “uma noite de verão” ou “Ricardo III”.