Catálogo das Edições Fonográficas

Osso Vaidoso

Discos

Biografia

Ana Deus e Alexandre Soares cruzaram as suas experiências musicais nos Três Tristes Tigres.Para trás, nos anos 80, estavam os Ban e os GNR. Longe de serem novatos, procuram, no entanto, sempre uma perspectiva nova que oriente as suas criações e é neste Osso Vaidoso que de novo se encontram. Canções simples onde o texto marca a pulsação e as guitarras fogem ao lugar comum. As canções sempre foram o objecto de trabalho de Alexandre Soares. Guitarrista de frases simples e melodias fortes, marcou o som dos GNR na década de 80 e mais tarde a identidade dos Três Tristes Tigres nos anos 90. Alexandre Soares e Ana Deus cruzaram os seus caminhos musicais exactamente nos Três Tristes Tigres. Hoje é com os Osso Vaidoso e os TTT onde concentra a maior parte do seu trabalho de palco. Alexandre Soares, músico e compositor, nasceu no Porto e estudou guitarra clássica durante alguns anos, antes de iniciar a coisa pública com a co-fundação dos GNR, onde militou durante os anos 80. Nos anos 90, junta-se a Ana Deus e Regina Guimarães para sonorizar os Três Tristes Tigres. A partir daí, e até hoje, entre outras colaborações, a música para cinema, o teatro e a dança contemporânea, têm sido os lugares onde desenvolve o seu trabalho. Ana Deus interessa-se desde muito cedo por música. Canta desde 87 em bandas pop-rock. Em 93, inicia com Regina Guimarães o grupo Três Tristes Tigres, editando quatro discos, três dos quais em parceria com Alexandre Soares. Depois de um período mais dedicado a outras colaborações, sempre envolvendo o trabalho sobre o texto, em performances mais ou menos teatrais, volta à “cozinha das canções” com os Osso Vaidoso e os renovados TTT.